Digite aqui o assunto que busca

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Hong Kong mantém-se como economia mais livre do mundo

Hong Kong mantém-se como economia mais livre do mundo
Hong Kong
O Instituto Fraser do Canadá publicou recentemente um relatório, no qual Hong Kong foi listado novamente como a economia mais livre do mundo, disse o Departamento de Serviços de Informação do governo da Região Administrativa Especial de Hong Kong (RAEHK). O governo da RAEHK recebeu de bom grado a notícia e afirmou que Hong Kong se mantém fiel aos princípios do mercado livre, tendo por isso sido reconhecido pela comunidade internacional em várias ocasiões.


Já em outubro de 2014, o Instituto Fraser colocara Hong Kong no topo da lista das economias mais livres do mundo.
Hong Kong mantém-se como economia mais livre do mundo
Hong Kong


O porta-voz do governo da REAHK disse que, “o governo presta muita atenção à economia livre de Hong Kong e vai continuar a dedicar-se à defesa das boas tradições do Estado de Direito e independência do poder judicial, assim como continuar a manter um governo compacto e eficaz e um ambiente comercial livre e aberto, pois estes são a base do sucesso da economia de Hong Kong”.

O porta-voz acrescentou que vai continuar a esforçar-se para manter as vantagens de Hong Kong e a sua posição como metrópole global.
Hong Kong mantém-se como economia mais livre do mundo
Hong Kong

Fonte: 

Conheça os roteiros que a CHINATUR preparou para a sua viagem a Hong Kong.

Extensões

China aperfeiçoará constantemente ambiente para investidores estrangeiros

O secretário-geral da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China, Li Pumin, anunciou que a absorção dos investimentos estrangeiros faz parte importante da política de Reforma e Abertura da China. O país vai aperfeiçoar constantemente o ambiente para os investidores estrangeiros.

Segundo o alto funcionário chinês, o novo governo reforçou a reforma do mecanismo de avaliação e aprovação, com o relaxamento da entrada de capital estrangeiro e a anulação ou simplificação de 586 aprovações administrativas. Graças a essas medidas, a China se tornou o principal destino do capital internacional. Um relatório divulgado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) indica que a China continuará sendo o mercado mais procurado por multinacionais até 2017.
Li Pumin revelou que o país vai ampliar o afrouxamento do acesso do capital estrangeiro ao setor de serviços, além de abrir mais a área manufatureira.

De acordo com dados divulgados pelo Ministério do Comércio, o país absorveu US$ 85,3 bilhões em investimentos estrangeiros nos primeiros oito meses deste ano, um aumento de 9% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Fonte - CRIOnline

A Chinatur tem roteiros para todos os lugares do planeta, confira !!!



Você sabia que Quatro universidades chinesas estão no top 100 mundial?

  PEQUIM,  Quatro universidades chinesas constam no top 100 do ranking mundial, de acordo com o novo relatório da QS World University Rankings, sendo a melhor performance do país até à data.

As quatro universidades são: Tsinghua (27º), Pequim (41º), Fudan (51º) e Xangai Jiaotong (70º).

Universidade Tsinghua
Resultado de imagem para universidade tsinghua
      A Universidade Tsinghua é uma universidade localizada em Pequim, na China. É considerada uma das duas melhores e mais seletivas universidades do país. 
      Universidade, Pequim, República Popular da China
      Localização: 30 Shuang Qing Lu, Haidian, Beijing, China
      Telefone: +86 10 6279 3001
Universidade de PequimResultado de imagem para universidade de pequim
    A Universidade de Pequim, coloquialmente denominada em chinês como Beida, foi fundada em 1898 e é a primeira universidade formalmente estabelecida na China e considerada uma das melhores e mais seletas universidades do país. 
    Universidade, Pequim, República Popular da China
    Localização: 5 Yiheyuan Rd, Haidian, Beijing, China
    Telefone: +86 10 6275 1201


Universidade Fudan
Resultado de imagem para Universidade Fudan
Universidade, Xangai, República Popular da China
    Localização: 220 Han Dan Lu, Yangpu, Shanghai, China
    Telefone: +86 21 6564 2222


Universidade Jiaotong de Xangai

    Universidade pública, Xangai, República Popular da China
    Localização: China, Shanghai, Minhang, 东川路800号 邮政编码: 200240
    Telefone: +86 21 5474 0000







Fonte: Diário do Povo Online


Maravilhas da China

10 Produtos em que a China é lider de produção no mundo

  PEQUIM,  - A China é conhecida por produzir um pouco de tudo. Desde telemóveis a sapatos, de roupas a computadores, brinquedos a navios. Agora o país avançou com o plano “Made in China 2025”, desenhado para impulsionar a segunda maior economia do mundo a fazer a transição de gigante de manufatura a gigante industrial.

Aqui estão alguns produtos em que a China se destaca nos números de produção.

Um navio de mercadorias a ser produzido num estaleiro privado na costa do rio Yangtze em Yichang, na provincia de Hubei
Nº 10 – Navios
A China produz cerca de 766 milhões de toneladas em navios todos os anos, perfazendo 45,1% do total mundial, e o triplo da média por cada 1000 pessoas do resto do mundo todos os anos.


Uma mina de carvão em Yichang, província de Hubei
Nº 9 – Carvão
O país produz cerca de 1.8 bilhões de toneladas de carvão todos os anos, cerca de 48.2% do total mundial. A sua produção per capita é cerca do triplo da média das restantes partes do mundo.



                      Uma consumidora escolhe carne de porco numa feira em Yichang, província de Hubei
Nº 8 - Porco
Porco produzido na China contribui para 49,8% do total mundial, atingindo as 1.5 milhões de toneladas anualmente. Isto significa que, por cada pessoa na China 40 quilogramas são produzidos anualmente, seis vezes a média das restantes partes do mundo.


                                                 Fábrica de cimento na cidade de Jilin, província de Jilin
Nº 7 - Cimento
A China produz anualmente 1.8 biliões de cimento, cerca de 60% do abastecimento mundial. A produção per capita é mais de 6 vezes a média das outras partes do mundo.


                      Operários cozem sapatos numa fábrica na cidade de Jinjiang, província de Fujian
Nº 6 - Sapatos
O número de sapatos produzidos na China atinge os 12.6 biliões, 63% do total mundial. A sua produção anual per capita é de 10 pares, cerca de 8 vezes a média do resto do mundo.


                            Operários instalam paineis solares no município de Donghai, província de Jiangsu
Nº 4 - Painéis solares
A energia gerada pelos painéis ascende aos 21.8 milhões de quilowatts anualmente, 80% do resto do mundo.


Operários produzem lâmpadas LED para serem exportadas para a europa numa fábrica no município de Yusha, na província de Jiangxi
Nº 3 - Lâmpadas de baixo consumo
Os 4.3 biliões de lâmpadas de baixo consumo da China são cerca de 80% do total do globo, com uma produção per capita de 3.2 lâmpadas – 16 vezes mais do que os restantes países do mundo.


                             Ar-condicionados expostos numa loja de eletrodomésticos em Qingdao, em Shandong,
Nº2 Ar-condicionado
A China produz 80% dos ar-condicionados do mundo – 109 biliões anualmente. A produção per capita é 17 vezes mais do que o resto do mundo.


                     Operários montam computadores numa fábrica da Lenovo na cidade de Chengdu, em Sichuan,
Nº 1 - Computadores
A China produziu 286.2 milhões de computadores em 2014, uns espantosos 90,6% do total mundial. A produção per capita foi de 40 vezes mais do que o resto do mundo.


Fonte: Diário do Povo Online


 História, Cultura, Compras...